Projeto Futebol e Aprendizagem Global (FAG)- Direitos da Criança

FLG

2017 | Chile is the Children’s Rights World Champion!!! After 27 tournaments, 811 points scored on the global table, and hundreds of workshops worldwide about street football and children’s rights, Chile has earned the title of 2016 champion!

The Children’s Rights World Cup kicked off in March 2016 in Cambodia and toured around the world before ending shortly before Christmas in northern Brazil. There were tournaments, diverse workshops, public presentations, and street football events at schools, youth centres and community centres at KICKFAIR (Germany), Chigol (Chile), Formaçao (Brazil), Salt Academy/Mighty Girls (Cambodia), Espérance (Rwanda), Hodi (Kenya), Peres Center for Peace (Israel/Palestine), Centro para el desarollo de la inteligencia, and Paí Pukú (both in Paraguay).

→ Klick here to get more information

CHIFAIR: Intercâmbio de Jovens entre KICKFAIR e CHIGOL

flgaustausch

08.12.2016 |Durante um período de duas semanas, jovens e líderes da juventude do CHIGOL são hóspedes da KICKFAIR. O foco do encontro é a aprendizagem mútua e conjunta, o intercâmbio  sobre o trabalho pedagógico com o futebol de rua. Esse objetivo é atingido a partir de uma grande variedade de atividades conjuntas. Em primeiro lugar, @s jovens e líderes foram integrados no dia a dia do escritório da KICKFAIR e  o co-gestionaram. Assim, tiveram a oportunidade de vivenciar em primeira mão o trabalho no projeto e de intercambiar  diariamente com toda equipe da KICKFAIR. Além disso, @s jovens do Chile discutem intensivamente suas próprias biografias, para, em seguida, representar suas histórias de vida e experiências sob a forma de cartazes, textos, vídeos e compartilhar-las com os outros.


Em segundo lugar, @s jovens e líderes da juventude do Chile visitam uma série de Projetos de grupos e escolas parceiras da KICKFAIR em Schwäbisch Gmümd, Tübingen, Speyer, Erlangen e Munique.
Aqui, tem a oportunidade de intercambiar bastante sobre a sua realidade de vida, de comparar suas experiências com o futebol de rua e de discutir os seus pontos de vista sobre os problemas locais e globais.

O intercâmbio de jovens e sua preparação se realiza em cooperação e com o apoio do Instituto Goethe.

Encontro Nacional de Escolas da FAG na Alemanha

Schultreffen_Nov12

24.11.2016 | Um vídeo multicultural com saudações de parceiros internacionais do Futebol-Aprendizagem-Global (FAG), abriu o encontro nacional de escolas 2016. De 20 a 22 de novembro mais de 100 professores e alunos  engajados das escolas parceiras da KICKFAIR de toda Alemanha reúnem-se em Stuttgart para um intercâmbio , oficinas e para aprofundar o desenvolvimento de conteúdos e conceitos.

Junto ao intercâmbio  de experiências gerais sobre o trabalho com o conceito de educação da KICKFAIR sobre aprendizagem global nas escolas, em 2016 o projeto “Futebol de Rua e os Direitos das Crianças”, foi o conteúdo central do encontro. Com base em nossa metodologia de trabalho, em quatro idiomas diferentes, mais de 2000 jovens se envolveram, em 2016, em todo o mundo, na cooperação  internacional de aprendizagem com o tema deste ano. No encontro de professor@s houve intercâmbio sobre os sucessos e insucessos, foram desenvolvidas idéias de como se poderá trabalhar com nossa metodologia e aprofundar o tema no próximo ano.

Além disso, aproveitou-se o encontro tambémm para descobrir novos módulos de aprendizagem da KICKFAIR. Aquilo que os professor@s discutiram teoricamente, @s  estudantes experimentaram na prática, imediatamente.

Isso inclui novos formatos de encontros entre jovens de diferentes culturas (com e sem história de refúgio), tais como os métodos “Mapas”, “Aprender sobre Favo Futebol”,”Futebol de Rua Encontra a Fotografia” e aprendizagem sobre os cartões de imagens que possibilita uma aprendizagem comum sem necessidade de muitas palavras.

A partir do intercâmbio e dos retornos, tanto dos adultos quanto dos jovens sobre estes módulos de aprendizagem, estes serão  agora desenvolvidos e sistematizados.

Um pequeno grupo de jovens quis documentar o encontro federal, e com câmeras e canetas à postos , registraram em fotos e textos. Outro grupo de jovens quis tomar presente o festival da KICKFAIR e organizaram uma oficina do futuro na qual se pode coletar as primeiras idéias.

Com a conclusão do evento na terça feira, foram definidas as atividades conjuntas com as escolas para o ano letivo no verão de 2017.

Encontro Nacional de Escolas Parceiras da KICKFAIR em Stuttgart

teaser_Schultreffen_flg

09.11.2016 |  De 20 a 22 de novembro de 2016, encontraram-se 100 professores e estudantes das escolas de Futebol Aprendizagem Global em Stuttgart. A agenda consiste na avaliação conjunta do projeto internacional “Futebol de Rua e os Direitos das Crianças“, na troca de experiências  sobre novos conteúdos no conceito de educação da KICKFAIR (em especial, o encontro de trabalho entre jovens com ou sem histórico de refúgio) e na troca de experiência geral sobre o trabalho com o conceito de educação da KICKFAIR nas escolas.

Nesta base, foi dado o pontapé inicial nos conteúdos para cooperação em 2017.
Durante o evento, o grupo “Grupo de Documentação” (alunos e alunas de diferentes escolas do Futebol-Aprendizagem-Global) relatam sobre o evento no facebook.

Projeto Futebol e Aprendizagem Global (FAG)- Direitos da Criança – 2016

Banner_FLG_worldcup_3m

2016 | Futebol de Rua e os Direitos das Crianças – Este é o atual Projeto em conjunto Futebol e Aprendizagem Global 2016. Entre março e dezembro de 2016 realiza-se inúmeras oficinas e eventos de futebol de rua no Chile, Brasil, Camboja, Ruanda, Quénia, Paraguai, Alemanha e Israel / Palestina.

→ Klick here to get more information

Sebastian Fritz, 6 semanas no Chigol – ele escreve:

Sebi-in-Chile

9.7.2016 | Oi a tod@s!

Meu nome é Sebastian Fritz. Tenho 25 anos e estou desde a 6ª série na KICKFAIR – Sim, faz bastante tempo! No começo eu só jogava! Depois, fui mediador de futebol de rua, e assim, como guia juvenil, assumi cada vez mais tarefas na KICKFAIR e sou agora membro permanente  da equipe na KICKFAIR. O conceito (da KICKFAIR) me fascina e participo ativamente. Nos últimos 11 anos tive muitos papéis diferentes e também múltiplas oportunidades de intercâmbio e de aprendizagem – com parceiros do projeto na Alemanha e com parceiros da cooperação de aprendizagem internacional em todo o mundo.

Conheço a CHIGOL há alguns anos e pude vivenciar e realizar junto vários encontros de jovens e estadia de trabalho com a CHIGOL em nossa Rede Global de Aprendizagem de Futebol. Agora eu mesmo tenho a oportunidade de ter essa estadia de trabalho com a CHIGOL. Nas próximas 6 semanas, tenho finalmente a oportunidade de experimentar o trabalho local, não só na teoria mas também na prática.

A CHIGOL não utiliza apenas o futebol de rua e as atividades relacionada a ele, mas também, outras abordagens para a juventude tais como Hip-Hop e Rap.

Estou muito feliz de poder aprender mais, de intercambiar, de contribuir com  minhas experiências e de levar de volta comigo muitas novas impressões para meu trabalho no KICKFAIR.

Nos meus primeiros dias aqui demos oficinas no nosso projeto em comum sobre futebol e aprendizagem chamado “Futebol de Rua e os Direitos das Crianças “. Trabalhamos aqui e no bairro Cerro Navia, onde esta localizado a CHIGOL, já intensivamente sobre os direitos das crianças e colorimos as ruas!

Já que até agora entendo apenas um pouco de espanhol e falo muito pouco, fiquei muito surpreendido com o interesse dos jovens na Bolzplatz , que queriam aprender algumas palavras em inglês ou alemão. É por isso que vou tentar ensinar alemão  inglês na minha estadia aqui. Estou feliz com a abertura e hospitalidade aqui no bairro.

Estou ansioso com o que ainda vou vivenciar aqui e se o meu  talento limitado para o futebol vai ser suficiente. Mas exatamente como nosso trabalho local em toda a Alemanha, vale a pena o prazer, o respeito e a vivencia conjunta no futebol de rua.

Até logo! Sebi

Oficina de HipHop – Direitos da Criança, com Gino e Kim em Plochingen

20160608_FLG_210x110_1

8.6.2016 | Os especialitas do Sul Global Kimhong do Camboja e Gino do Chile foram visitar hoje a Escola Marquardt em Plochingen. O dia teve um tema especial porque Gino reuniu-se com  9 alunxs da 7ª e 8ª série com o objetivo de escrever letras próprias de Rap e  posteriormente gravá-las! Em sua casa em Santiago do Chile, Gino  trabalha especialmente poesia, letras e canções de Hip Hop com as crianças e adolescentes da sua organização CHIGOL e é um HipHoper apaixonado.

Em Plochingen, Kimhong começou com um jogo de aplausos da sua organização SALT, que descontraiu o ambiente e criou uma boa base para a apresentação posteriormente de Gino sobre seu trabalho com o Chigolitos Rap. Ele contou como as oficinas de hip-hop são incorporados na CHIGOL, e que eles geralmente se reúnem duas vezes por semana para escrever letras de Rap e, posterior  gravá-las em seu próprio estúdio.

O primeiro desafio foi decidir juntos sobre uma batida adequada, porque Gino tinha muitos diferentes ritmos. A seguir, ele convidou para deixar que as imagens e temas surgissem para a batida. Há poucos dias havia falecido Muhammad Ali, que foi um ídolo e exemplo para o grupo, pois se engajou contra a guerra. Na canção pelos direitos da criança que foi criada, eles expressam a sua visão e exigem proteção contra a guerra.

Foi surpreendente ver como a insegurança  inicial se transformou gradualmente em alegria e orgulho, assim que eles ouviram sua batida e que cantaram seu Rap ao microfone. O resultado é impressionante, pois em apenas uma manhã foi criada um Hip Hop próprio, feito a letra e cantada, pelxs alunxs da Marquardtschule em Plochingen!

“Todos aqueles que com muito pouco, grandes coisas fazem” -Gino Gaona (Chile) se apresenta

gino_angepasst_FLG

10.05.2016 | Olá, meu nome é Gino, vivo no assentamento de “El Montijo”, no município de Cerro Navia, Santiago de Chile. Desde 2008, faço parte da organização CHIGOL na qual fui treinado, desde o início, como mediador de futebol de rua. Atualmente, trabalho no centro municipal CHIGOL com crianças e jovens, com poesia, textos e hip-hop (“Chingolitos Rap”). Utilizamos nosso método de futebol de rua transversalmente, em todas as nossas oficinas e conteúdos no CHIGOL, onde, em cada espaço , tem as suas próprias regras construtivas de convivência .

O foco para nós é sempre a abertura e o respeito por todos os outros.

Durante meus três meses da longa estadia no KICKFAIR, espero encontrar muitas pessoas engajadas, nos conhecer, aprender uns com os outros e compartilhar novas experiências.

Especialista do Sul Global – Kimhong Huot, de Camboja, se apresenta

Foto-Homepage-FLG_groß

03.05.2016 | Oi, eu sou Kimhong, 19 anos, de Battambang, Camboja. Trabalho na SALT Academy e sou parte da equipe “Mighty Girls” (“Meninas Poderosas”).  As “Mighty Girls” foram fundadas pela SALT para fortalecer mulheres jovens. Na “Mighty Girls” trabalhamos  normalmente somente com meninas e mulheres que vivem em condições difíceis ou vêm de áreas rurais. Juntas, tentamos desenvolver  soluções para suas situações. Eu mesma, há  6 anos, sou uma jogadora das  “Mighty Girls” e agora eu sou uma funcionária em tempo integral da SALT Academy.

Desejo obter novas idéias para o meu trabalho com crianças e adolescentes na SALT nesse tempo que estou aqui na Alemanha. Naturalmente, trago comigo os métodos e experiências que usamos rotineiramente em nosso trabalho.

Nos três meses na KICKFAIR quero aprender sobre e com uma nova cultura, experimentar novas formas de trabalhar, entender como se vive, aprender novas línguas e fazer amigos….e  muito mais! Espero adquirir muitos novos conhecimentos e experiências nesse tempo junto a KICKFAIR,  que eu possa levar ao Camboja e partilhá-los lá na minha organização, comunidade e sociedade – e também fazer isso a longo prazo!

Minha mensagem a todos os jovens é: ដាំក្នុងសាលា ដុះក្នុងសង្គម

Isto é Khmer, nosso principal idioma no Camboja, e significa: “O que é plantado na escola – cresce na sociedade”

Festival nacional estudantil em Ostfildern

KF_Festival_15

22.07.2015 | Entre os dias 10 e 13 de julho de 2015, foi realizado o festival nacional estudantil em Ostfildern, Stuttgart. Professores e alunos das escolas que fazem parte do programa Futebol-Aprendizagem-Global se reuniram para participar desse intercâmbio.
Durante três dias, tanto os alunos e alunas quanto os professores e professoras tiveram diversas possibilidades de intercambiar seus conhecimentos. Podemos citar como principais pontos do encontro as experiências com os métodos de futebol de rua e, também, as diversas formas de implementação nas ecolas. O que mais chamou a atenção entre os professores foram as apresentações dos exemplos bem-sucedidos e como a aprendizagem global pode ser ancorada com sucesso nas escolas. As discussões foram diretamente vinculadas com o conteúdo das atividades do projeto “Um Jogo, Uma Visão, Um Mundo”. Esse projeto é fomentado, desde abril, pelo programa de incentivo à educação e desenvolvimento do ministério da cooperação econômica e desenvolvimento (Bundesministerium für wirtschaftliche Zusammenarbeit und Entwicklung), tendo em vista, o apoio por mais três anos. Isso é o resultado e desenvolvimento do projeto concluído em 2014 “Além do Campo de Futebol”. Portanto, pôde-se discutir durante o encontro a base das experiências recentes, os conteúdos pendentes e planejar as próximas atividades.

O festival foi para os jovens não só uma oportunidade de intercâmbio na Alemanha.Eles tiveram, além disso, a chance de trabalhar com os líderes juvenis do mundo inteiro através do encontro de especialistas entre as organizações parceiras do KICKFAIR para a cooperação e aprendizagem internacional, entre elas, fizeram parte as organizações do Chile, Brasil, Paraguai, Ruanda, Quênia, Israel, Palestina e Camboja. Os jovens alemães puderam vivenciar através das oficinas, que também foram concebidas com a ajuda dos líderes juvenis, o contexto sociocultural das organizações parceiras e como o futebol de rua pode mudar a perspectiva das crianças nestes países. Portanto, eles abordaram durante o fetival os direitos da criança e do adolescente e discutiram como os mesmos podem ser implementados através do futebol de rua.

Finalmente, o ponto auge do festival foi o torneio de futebol de rua com os times mistos. Jovens, adultos, meninas, meninos e os convidados internacionais puderam jogar de acordo com as regras especias do futebol de rua.